Páginas

24 de jan de 2013

Poesia do Silêncio (2)

O início de mais uma noite é anunciada,
Pelo uívo da angústia e pelo rosnar da agonia...
Preso novamente estou em lembranças e sentimentos
Que com o passar do tempo eram para serem esquecidas,
Mais todas noites me atormentam, me deixando sem saída...
E aqui estou eu de novo, quase à beira da loucura,
Sem opções tento lutar, mais me falta força...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...