Páginas

4 de jan de 2013

Alma de cavalo

Me contaram uma história sobre algo que acreditavam à vinte e tantos anos atrás. Ela morava numa cidadezinha pacata no interior do Paraná, ela às vezes ia com seus pais para um sítio que pertencia ao seu tio. Lá era oque se dava para dizer "um verdadeiro sítião", não tinha luz, telefone, nada; apenas a natureza em si. Eles trabalhavam na roça durante quase o dia todo, e voltavam para casa ao anoitecer com cavalos.

Em certo ponto, eles desciam dos cavalos e iam andando puxando-os com uma corda. Mas uma coisa os atormentava, pois sempre diziam que almas sentavam no cavalo enquanto estava sendo carregado, pois eles ficavam muito pesados e lentos. Mas uma coisa curiosa também é que quando iam atravessar uma ponte, o cavalo ficava rápido; diziam que "almas não atravessam rios", assim saindo dos cavalos durante esse tempo. 


Um comentário:

  1. Ou poderia ser alma de outros cavalos, assim como a lenda no Amapá!è só uma teoria..

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...