Páginas

11 de jan de 2013

Legião Fantasma

Em uma noite no mês de setembro de 1974, o escritor A. C. McKerracher decidiu fazer um intervalo em seu trabalho e saiu de casa para respirar um pouco de ar fresco.
McKerracher e a família acabavam de mudar-se para uma casa nova, no alto de um morro, na pequena cidade de Dumblane in Perthshire, Escócia [Coordenadas GPS: Latitude / Lontigude = 56°11'18.71"N, 3°57'41.10"W].
A noite estava clara e úmida, e a cidade, a seus pés, coberta pela neblina.
De repente, o silêncio foi quebrado pelo que lhe pareceu o ruído do movimento de um grande grupo de pessoas atravessando os campos.
Imaginando que devia estar tendo alucinações pelo excesso de trabalho, McKerracher decidiu entrar.
Mas, vinte minutos depois, intrigado pelo que poderia estar acontecendo, saiu outra vez e descobriu que os ruídos estavam mais altos e mais próximos do que antes.

Dessa vez parecia que poderosa legião marchava do outro lado das casas daquela rua.
- Fiquei pregado no chão, enquanto pessoas que eu não podia ver passavam por mim - recordou ele.
- Os caminhantes deviam ser milhares de pessoas, pois o ruído dos passos prosseguia sem parar.

Nessa altura, já temendo pela sanidade mental, McKerracher resolveu voltar para dentro de casa e foi diretamente para a cama.
Uma semana depois, quando visitava um casal idoso que morava perto, ele ouviu uma estranha história.
- Tarde da noite, na semana passada, nosso gato e nosso cachorro acordaram abruptamente e passaram a agir de maneira esquisita, os pêlos eriçados - narrou o velho.
- Parecia que eles estavam vendo alguma coisa que atravessava os campos, durante uns vinte minutos.

Os animais aparentavam estar com muito medo.
McKerracher não lhes contou nada sobre a própria experiência.
Contudo, o curioso comportamento dos animais ocorreu exatamente no mesmo horário em que ouvira a legião invisível, uma semana antes.
Em busca de explicação, ele logo descobriu que uma antiga estrada romana tomava o rumo norte passando bem por trás das casas do outro lado da rua.
Além disso, no ano 117, uma legião de elite havia sido despachada para aquela área, para reprimir uma revolta tribal na Escócia.
A legião, conhecida como IX Hispania Legion, era formada de 4 mil homens.
A legião era chamada também de "Unlucky Ninth", pois, no ano 60, homens da IX Hispania açoitaram a rainha Boadicea, da tribo Iceni da Inglaterra, e abusaram sexualmente de suas filhas.

Boadicea jurou maldição eterna contra eles e, posteriormente, liderou uma revolta que causou muitas baixas na legião.
A IX Hispania Legion reagrupou-se, porém nunca mais voltou a ser a mesma.
Sua marcha para o interior da Escócia terminou misteriosamente.
Ela desapareceu sem deixar vestígios, logo depois de passar por uma região que, alguns séculos mais tarde, viria a chamar-se Dunbíane.
Em outubro de 1984, McKerracher, que não voltou a ouvir aquele estranho ruído e mudou-se para a parte mais antiga de Dunbíane, fez palestra sobre a história local em um clube de senhoras.

Após a palestra, Cecília Moore, membro do clube, procurou-o para dizer que talvez também já tivesse ouvido o fantasma do exército romano.
Acontece que ela morava do outro lado da rua, perto da antiga casa do escritor.
- Uma noite, quando eu estava colocando o gato para fora, ouvi o que me pareceu um exército marchando exatamente sobre meu jardim - informou ela.
McKerracher então concluiu que o incidente ocorrera naquela mesma noite, e no mesmo momento em que ele ouvira os estranhos passos de soldados.

"Estou convencido", escreveu ele, "de que o que ela e eu ouvimos - e o que os animais de meus vizinhos viram - foi a condenada IX Hispania Legion marchando para seu terrível e desconhecido destino, quase 2 mil anos antes."


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...