Páginas

30 de dez de 2012

A verdadeira história do Homem do Saco (ou Velho do Saco)

Quem nunca ouviu falar no homem do saco???? Aquele que se você sair sozinho iria ser pego???? Claro é uma história para assustar crianças e não saírem sozinhas ou ficarem longe dos pais. Muitos, com certeza, ao tempo amadureceram e viram que tudo não passava de uma história pra boi dormir. Mas há casos que contaram de mais e levaram muito a fundo e possuem trauma; eu conheço uma moça, em vaga lembrança tem uns 16 ou 17 anos, não pode ver um lixeiro. Durante toda sua infância ao ver um lixeiro ou catador de lixo, ou mendigos, saía correndo para a mãe.

Segundo a lenda, as crianças do saco que o velho carregava, eram crianças que estavam sem nenhum adulto por perto, em frente às suas casas ou brincando na rua. O velho pegaria a criança caso ela saísse sem ninguém de dentro de casa.

Não há certa data de que essa lenda foi iniciada, mas há uma estimativa de que se deu com a chegada dos Sintos e dos Rom no Brasil. A migração do povo cigano para as Américas se deu no fim do século XIX. Sem pátria, num mundo onde tudo se transforma em uma velocidade cada vez maior o povo cigano viveu durante muito tempo marginalizado da sociedade e desenvolveu-se uma aversão da população a esse povo, tachando-os de ladrões, sequestradores e vadios.

No início do surgimento da lenda do Velho do saco, os pais amarravam uma fita vermelha na perna da cama da criança indesejada e o velho do saco passava a noite de casa em casa, se houvesse uma fita vermelha na perna da cama o velho do saco poderia levar embora a criança em questão. Essa história era versão original da lenda do velho do saco, os pais a usavam para assustar a criança ou para força-las a serem obedientes.

E aí??? Alguém já teve medo dele???

A verdadeira história do Holandês Voador...

Muitos aqui já devem ter ouvido falar no fantasma dos mares o Holandês Voador não é??? Ou já devem ter assistido a série de filmes Piratas do Caribe e viu o personagem com o navio Holandês voador... Pois bem, sempre admirei a lenda e vou aproveitar para falar dela hoje.

Holandês Voador é um galeão e navio-fantasma holandês que supostamente vagará pelos mares até o fim dos tempos, segundo a lenda do mar "um veleiro que navegava de contra ao vento, uma característica marcante desse navio..." (ou miragem naval, de má sorte...)

Em antigos documentos pode-se encontrar registros de um navio real que zarpou de Amsterdã, em 1680, e foi alcançado por uma tormenta no Cabo da Boa Esperança. Como o capitão insistiu em dobrar o cabo, foi condenado a vagar pelos mares, atraindo outros navios, e por fim, causando sua destruição. Vários relatos sobre o navio foram considerados miragens, embora haja uma grande variedade de detalhes descritos pelas testemunhas. No entanto não é o primeiro mito dos mares, depois do Adamastor descrito por Camões nos Lusíadas. (essa história irei postar logo).

Existem histórias que citam o capitão de um navio que, ao atravessar uma tempestade, foi visitado por Nossa Senhora, que atendia às preces dos marinheiros desesperados. Houve um fato real na Segunda Guerra Mundial, o contra-almirante nazista Karl Donitz, general da alcateia de submarinos reportou a seu chefe Hitler, que uma das tripulações mais rebeldes e atuantes das submarinistas, tinham comunicado e confirmado em seu Diário de Bordo de seu Lobo do Mar, que não iria participar de uma batalha em de corso em Suez, local alvo nazista, pois havia visto o tal Galeão, o Holandês Voador, e isso era um sinal, como descrito no começo, um sinal sinistro de fracasso total.

O futuro rei da Inglaterra Jorge V e sua tripulação de 12 homens em seu navio, o HMS Inconstant, avistaram o navio-fantasma veleiro que navegava contra o vento, segundo diário de bordo, em 11 de julho de 1881.

O navio foi visto pela última vez em 1989 no Triângulo das Bermudas comandado pelo seu capitão fantasma Amos Dutchman. O marujo disse que o capitão tinha a aparência de um rosto de peixe num corpo de homem, assim como seus tripulantes. Logo após o marujo contar essa história, ele morreu. Uns dizem que foi para o reino dos mortos; outros, que hoje navega com Amos Dutchman...

Pois bem, ainda hoje há relatos de seu aparecimento. Até postei uma história que me mandaram mas parece muito infantil não é??? Pois bem acho que ele inventou, não cheguei muito a analisar a história apenas postei porque foi a primeira que me enviaram kkk', mas mesmo assim. Oque dizer sobre a lenda??????

29 de dez de 2012

A loira do banheiro

Uma garota muito bonita de cabelos loiros (deer) de aproximadamente 15 anos sempre planejava maneiras de matar aula. Uma delas era ficar no banheiro da escola esperando o tempo passar. Porém, um dia, um acidente aconteceu. A loira escorregou no piso molhado do banheiro e bateu sua cabeça no chão. Ficou em coma e pouco tempo depois veio a morrer. Mesmo sem a permissão dos pais, os médicos fizeram autópsia na menina para saber a causa da morte da menina. A menina não se conformou com seu fim trágico e prematuro. Sua alma não quis descansar em paz e passou a assombrar o banheiro das escolas. Muitos alunos juram ter visto a famosa loira do banheiro, pálida e com algodão no nariz para evitar que o sangue escorra.

Versão 2: Há muito tempo atrás havia uma loira que havia sido enforcada na sua escola. Depois de um ano na mesma escola, jovens eram mortas no banheiro, e as vítimas que viram, disseram que havia uma loira no banheiro, e a mesma é que estava matando as jovens. A loira, volta com sua filha para assombrar os banheiros, e para ela deixar sua marca, a água ficará vermelha como sangue. Mulher loura, alta e alva, vestida de branco, e com algodão em sua boca, nariz e ouvidos, assombra as crianças que cabulam aula, e também transeuntes em praças, jardins e parques. Não faz mal a ninguém.

Lenda o Chupa-Cabra

A lenda "O Chupa-Cabra" tomou grande proporção nos anos 90 pela aparição de vários animais mortos. Esses animais apareceram, principalmente, em Porto Rico, no Nicarágua, na Flórida, e em algumas regiões do México e do Brasil.
Eles ganharam esse nome pela morte de muitas cabras em Porto Rico. O detalhe é que essas cabras não apareceram sem partes do corpo ou somente com sua ossada, elas apenas apareceram com dentadas no pescoço e sem sangue, que teria sido drenado.

Suposto Chupa-Cabra

O primeiro ataque relatado ocorreu em março de 1995 em Jabaquara. Boatos correram de que se tratava do Auxiliar de Promotoria Silvio de Aquino, que atacava em suas andanças pelo Parque do Estado. Neste ataque, oito cabras foram encontradas mortas, cada uma com três perfurações no tórax e totalmente esvaídas de sangue. Primeiramente, pensou-se que esses atos vinham de cultos satânicos; Posteriormente, apareceram, também, mais mortes na ilha, onde os fazendeiros encontraram seus animais sem nenhum pingo de sangue.

Notícias relacionadas
Encontrado Chupa-Cabra morto nos EUA

Nos EUA, um suposto Chupa-Cabra foi morto, após ser atropelado por um carro. Os moradores de Androscoggin acham que esse animal é quem vem matando cachorros e causando a lenda do Chupa-Cabra à mais de 50 anos.

Mulher encontra cabeça de Chupa-Cabra nos EUA

Em 2007, a caçadora Phylis Canion, que morou na África durante 4 anos, achou a cabeça de um suposto chupa-cabra na cidade de Cuero, no estado americano do Texas. Na região onde a cabeça foi encontrada, foram mortas dezenas de galinhas.









27 de dez de 2012

O cadáver da Coca-Cola

Vocês gostam de tomar aquela coquinha gelada??? hmmmmmm

De acordo com a lenda, um funcionário da Coca-Cola teria sofrido um infarto enquanto operava um dos tanques de refrigerante. Seu corpo teria caído dentro do tanque, que, de tão fundo, ninguém via o corpo mergulhado na Coca-Cola. Ele teria ficado lá por dias se decompondo e sendo engarrafado. Essa lenda foi tão forte que em seu ápice ela chegou a diminuir as vendas de Coca-Cola em todo território tupiniquim.

Sim, pessoal. Já visitei uma Fábrica da Coca, e realmente, eles tem grandes "Galões onde eles guardam a bebida".

E agora?? ela está tão gostosa assim???

26 de dez de 2012

Conheça o perturbador episódio banido do Chaves

 Como muitos devem saber, o ator que interpretava o Quico, Carlos Villágran, acabou tendo uma briga feia com o ator que interpretava o Chaves, Roberto Gomes Bolaños, que também era responsável pelo programa. Essa briga deia no final dos anos 70 acabou fazendo com que Quico saísse do programa mas a verdade sobre o assunto sempre ficou confusa.

Mas bom, no final dos anos 90 foi feito um trabalho de conclusão de curso para a PUC-PR que fica na cidade de Curitiba no entanto havia algo no trabalho que chamava muita atenção, ele falava sobre um sombrio episódio do Chaves que teria gerado o verdadeiro motivo pelo qual Quico acabou saindo do programa, confira o conteúdo tirado da monografia:

"No final de 1977, Carlos Villágran, que desde o início da série interpretava o Quico no Chaves, deixa a série. Os motivos reais nunca foram oficialmente divulgados, e inúmeras hipóteses foram levantadas na tentativa de explicar sua saída. O que é certo, é que Villágran e Roberto Gomes Bolaños, criador da série e interprete do personagem-título, nunca mais retomaram a amizade que mantinham desde o início dos anos 70.

Em 1997, quando da saída de Villágran, o jornal mexicano El Universal publicou uma matéria que explicava as razões da rusga entre Villágran e Roberto Gomes. Segundo o jornal, a saída de Quico deu-se por diferenças criativas. Durante as filmagens de um episódio piloto, que abriria a temporada de 1978, Villágran teria considerado o conteúdo do programa como repulsivo, e deixado a equipe na sequência. Contudo, o jornal não mencionou qual era o conteúdo do episódio.

Villágran até hoje recusa-se a comentar sobre o assunto. Qualquer entrevista em que seja abordado esse imbróglio é imediatamente encerrada pelos assessores de Villágran.

O episódio piloto foi gravado, e mesmo editado, para posterior apresentação perante os executivos da Televisa. É dito que eles teriam ficado horrorizados com o conteúdo do episódio. Um diretor de programação, teria dito que o programa é completamente impróprio para crianças. Na verdade, completamente impróprio para qualquer um.

O episódio original foi destruído pela Televisa. Mas uma cópia clandestina foi feita por um dos funcionários da Televisa, essa cópia foi vendia a um colecionador em torno de 4 mil dólares.

A partir da temporada de '74, o Chaves foi ganhando destaque na programação da Televisa, e conseguindo cada vez mais sucesso com o público. Bolaños, porém, queria introduzir mudanças no programa. Poucos sabem, mas fazia planos de escrever roteiros de horror e mistério, e abandonar o humorístico.

A partir da temporada de '75, Chaves tenta introduzir esses elementos. Naquele ano, foi ao ar o célebre episódio em que Chaves, Quico e Chiquinha entram na casa da Dona Clotilde, e lá descobrem que ela era realmente uma bruxa. No roteiro original isso aconteceria e implicaria em episódios futuros. Mas a Televisa interviu, e mudaram o roteiro para que o papo de bruxa fosse apenas delírio das crianças. Entre outros episódios, mas descrever todos deixará o post muito grande... no futuro postarei esses episódios se quiserem.

No início de '78, Bolaños decidiu mudar radicalmente o programa. O Chaves, a partir de então, seria um programa de comédia com elementos de horror, mirando um público mais adulto. Algo que dá para comparar com a série de filmes Evil Dead. Ele gravou um episódio piloto e foi editado e mandado para a Televisa. A reação foi totalmente negativa. Carlos Villágran ficou tão horrorizado com o conteúdo que deixou a série.

A seguir uma sinopse do episódio. Essa sinopse foi escrita através de pesquisas e de alguns que assistiram o episódio:

O episódio começa com Chaves brincando no pátio da vila, indo pra lá e pra cá com um patinete. Quico sai de sua casa e vê Chaves brincando e faz expressão zangada. Vai até ele e segura o guidon do patinete, com as duas mãos. Segue o diálogo:

- Chaves, quem te deu permissão para brincar com meu patinete?

- É que o patinete estava jogado ali no outro pátio e eu... eu...

Quico fica mais zangado

- Eu coisa nenhuma Chaves, devolve meu patinete.

Quico puxa o patinete bruscamente, derrubando Chaves. Quico deixa o patinete no chão e ri escandalosamente. Chaves levanta pega o patinete e corre atrás de Quico.

- Agora você vai ver só.

Quico corre gritando MAMÃE! Neste meio tempo, Seu Madruga sai de sua casa, e toma o patinete de Chaves. Dona Florinda vem para o pátio.

-Mamãe, ele queria me bater com o patinete.

Dona Florinda dá um tapa em Seu Madruga e diz:

-Vamos tesouro, não se misture com essa gentalha.

Volta para dentro. Quico aplica o tradicional gentalha gentalha em Seu Madruga, e também volta para sua casa.

Nesse momento, em primeiro plano, Seu Madruga revela que seu nariz está sangrando. Ele tenta estancar o sangramento, sob o olhar preocupado de Chaves, mas sem sucesso. Ambas as narinas deitam uma grande quantidade de sangue. Até que Seu Madruga cai no chão do pátio.

Corta para Quico, Chaves e Chiquinha na escada do pátio, a iluminação do cenário revela ser noite. Os três choram muito. Em Chaves, cada personagem tem seu jeito de chorar, mas ali não. Eles choram aos soluços. Esse plano dura aproximadamente 1 minuto.

Em seguida chegam o Professor Girafales e Seu Barriga, acompanhados de dois policiais. Girafales abre a porta da casa de Dona Florinda e entra com os policiais. Eles saem com Florinda algemada. Os policiais a levam. Quico, ao ver sua mãe sendo levada, desespera-se: tenta atacar os policiais mas é contido por Seu Barriga. Quico, seguro por seu barriga, chora muito e balbucia mamãe algumas vezes. Depois que os policiais saem da vila, Seu Barriga tenta consolar Quico, mas ele corre para casa.  Segue um diálogo entre Seu Barriga e Girafales.

- Que tragédia horrível tivemos aqui seu barriga!

- É verdade professor. Eu devia ter previsto que isto acabaria acontecendo.

- Qual foi a causa da morte???

- Seu Madruga foi boxeador na juventude. Os socos que ele levava causaram um aprofundamento de crânio. O tapa que Florinda lhe deu hoje causou um traumatismo bem nessa região. Ele teve uma hemorragia cerebral e não resistiu.

- Uma tragédia horrível seu barriga!

- Sim.

- Quem cuidará do funeral?

- Eu cuido de tudo professor. O senhor vai ficar aqui com as crianças??

- Sim, naturalmente.

Seu Barriga sai da vila. Girafales entra na casa de Quico. Chiquinha e Chaves param de chorar. Apenas ficam olhando o vazio. Dona Clotilde sai de sua casa com um livro na mão (ou uma bíblia não se sabe de certo). Uma fonte descreve que Dona Clotilde vai até a escada e conversa aos cochichos com Chiquinha.

O pátio da vila está vazio. APenas Chiquinha de joelhos em frente a um pentagrama desenhado de vermelho no chão. seus pulsos estão enfaixados (oque indica que Clotilde mandou Chiquinha faz algo). Ouve-se um estrondo. É a porta da vila. Entra uma figura magra enrolado em panos brancos seguido por um rastro negro. Depois daí, há contradições dessa cena, e outros preferem não dizer nada.

Tudo indica que Clotilde mandou Chiquinha fazer uma oferenda.

O conteúdo desses fragmentos, permanece desconhecidos."

    

24 de dez de 2012

Teste do Espelho...

Vá para qualquer espelho da sua casa e coloque sua mão no vidro. Espere até sentir. Ás vezes, demora um pouco. Quando sentir, você vai saber. Aterrorizado, você vai puxar sua mão para longe do espelho. Alguma coisa de trás do vidro, mexendo sob sua pele. Ele ainda não pode machucá-lo. Mas agora você sabe que ele está lá...

Duas pessoas fizeram isso, duas delas viu uma marca de mão maior que a dela no espelho e a outra quando colocou a mão no espelho ele se quebrou...
Tem coragem??????????

Garoto diz ter visto o Olandez Voador





Essa história me mandaram... É sobre um garoto de 13 anos que diz ter presenciado a aparição do famoso fantasma dos mares "Olandez Voador"! Apesar de muitos o esquecerem e não ligar para sua lenda, eu ainda a aprecio muito. Essa história me interessou muito (na verdade a primeira que me enviaram), então vou apenas escrever oque ele me mandou:
   Meu nome é Carlos, tenho 13 anos. Estava indo à praia de Santos com meus pais. Eu não estava querendo ir, pois detesto praia. Ao chegar lá, alugamos um hotel (afinal chegamos de noite). La havia tv a cabo ai assistimos um filme meio de terror. Minha irmã de 15 anos era uma medrosa, e assim que ligamos a televisão ela dormiu. Pouco depois meus pais também acabaram dormindo, deviam estar cansados. Eu não sabia o nome do filme pois quando ligamos estava passando mas tudo indicava q não havia começado há muito tempo. Fiquei lá assistindo sozinho. Ele falava de um assassino que nos perseguia nos sonhos e matava quando acordados.Meio Sinistro. De manhã fomos a praia. Passamos o dia lá (admito que gosto muito de nadar no mar). Ao fim do dia, eu e minhã irmã chata ficamos esperando nossos pais enquanto eles estavam comprando algo para comermos enquanto estávamos ali. Só as luzes da rua e de todo o movimento. Minha irmã tagarelando no celular com uma amiga dela. A sombra d um navio surgiu no nevoeiro do mar. Olhei fixamente la, minha irmã parecia não estar nem ai. O navio parou praticamente na areia. Era velho pacas, e um homem barbudo saiu dele. cutuquei minha irmã.

"Está vendo aquele navio??"
"Peraí amiga, que navio seu idiota?"
"Aquele"
"Você tá louco né? não tem nada ali"

Ela voltou ao celular. O homem veio e se sentou no banco q estavamos e do meu lado. Olhou o barco e disse.
"Precisa de uma reforma não é?"

Eu estava pasmo. Ele encostou a mão em meu ombro e senti um calafrio. ele se levantou empurrou o barco e entrou (não sei de onde tinha tanta força). e sumiu. O nevoeiro também. Ninguém nunca acreditou, mas sei que era ele.


      E então pessoal??? oque podemos dizer disso?? verdade ou não???

22 de dez de 2012

The Rake - DEPOIS DE LER ISSO VOCÊ NÃO IRÁ MAIS DORMIR...




Existem relatos de aparição do The Rake por todo o mundo, em diversos lugares há pessoas que dizem ter se deparado com essa criatura. Pela internet é possível achar não apenas fotos, mas também vídeos da criatura e até relatos gravados de testemunhas.

Essa criatura tem uma cor de pele meio acinzentada e é careca, parece uma pessoa deformada com o corpo todo torto como se tivesse se acidentado, e seus olhos são completamente negros mas parecem brilhar no escuro enquanto olha as vítimas. Ele aparece quando as pessoas estão dormindo, ele escolhe alguém como vítima e essa pessoa passa a ter uma ligação direta com ele. Se você for um dos escolhidos, ele vem a noite e senta na beira de sua cama. Se você acordar e vê-lo, ele te mata.

Há relatos de pessoas que tiveram uma experiência intensa, sendo consumidas pela loucura aos poucos. A pessoa dormia a primeira vez e sentia a presença quando acordava, mas não via nada. Na segunda noite, a pessoa passava a ver o formato dele sentado na beira da cama. Na terceira noite, ouvia uma voz, uma voz estridente, mas não se pode ouvir oque a criatura diz, apenas se sabe que está falando algo. Na quarta noite a criatura aparece novamente sentado na beira da cama mas dessa vez virado para vítima o observando. Após isso, a próxima noite será a morte da vítima, então ela tem que estar preparada pois na próxima vez que dormir, não irá querer acordar pois o monstro irá matá-lo de uma forma horrível.

Há relatos também de grupos de pessoas que tiveram experiência em família, presenciaram a aparição, mas só quem foi escolhido é atacado. E com isso muitos passaram a se gravar e descobriram algo bizarro. Nem sempre quando se é escolhida, a pessoa passa a ser atacada de imediato, apenas se a pessoa acordar no meio da noite é que tudo começa. Por isso se você quiser saber se foi o escolhido, deixe uma câmera gravando você enquanto dorme, e se durante a gravação ele aparecer sentado em sua cama, é melhor desejar nunca mais acordar durante noite, pois seu destino estará selado...


O Macabro Choro do Bebê Mario (ISSO É PERTUBADOR)

Você certamente deve conhecer o Mário, afinal todo mundo conhece não é mesmo? Bom, existe um jogo para Super Nintendo chamado Yoshi's Island, onde existe um bebê Mario que durante todo o jogo é levado nas costas de um Yoshi. Uma das características mais marcantes do jogo e que quem jogou jamais esquece, é o choro do bebê Mario, que se destaca de todos os sons do jogo e causa uma imensa irritação e nervosismo dos jogadores.

O caso que vou falar hoje aconteceu em 1996 e contém trechos do diário de uma garota chamada Amy de 10 anos de idade, e relatos de sua mãe Rebecca Austin, que explicou tudo que sabia para a polícia. Tudo começou em Maio daquele ano quando a garota ganhou um Super Nintendo de presente. Alguns dos trechos do diário foram retirados porque a garota escrevia muito sobre as coisas do seu dia-dia, o que é inútil na história, também relatos da mãe são mostrados conforme a data do diário em que a garota faz as anotações.

Trecho 1: 

"Querido diário, mamãe me deu um Super Nintendo, não veio com o jogo que eu queria, Super Mario All-Stars, mas veio com outro que gostei muito, o nome é Super Mario World 2: Yoshi's Island, nele você controla um Mario bebê tão bonitinho, eu gostei muito."

Trecho 2:

"Querido diário, tive um sonho horrível ontem à noite, mas não consigo lembrar oque aconteceu, quando eu acordei de manhã eu me lembrava mas agora não consigo mais."

Trecho 3:

"Querido diário, cheguei até a segunda parte da ilha do Super Mario World 2, eu não estava conseguindo vencer o chefe da primeira parte, recomecei o jogo então finalmente consegui passar. Mamãe não deixa eu jogar muito ela diz que tenho que estudar, estou muito irritada porque não posso mais jogar hoje."

Relato da mãe 1:

Rebecca disse para a polícia que não lia o diário da filha, mas segundo o relato dela, nesse dia brigou com a filha para parar de jogar e de madrugada acordou com um bebê chorando alto, a mulher foi até a sala, onde ficava o video-game da garota e viu a televisão ligada e viu o jogo, ela foi até o quarto da filha reclamar, mas essa estava dormindo, na manhã do outro dia deu uma bronca na garota para ela não jogar escondido, a menina jurou que não tinha sido ela, mas a mãe não acreditou.

Trecho 4:

"Querido diário, detesto minha mãe, ela brigou comigo dizendo que joguei Super Mario escondida mas é mentira, um dia vou jogar escondida de verdade pra dar uma lição a ela."

Trecho 5:

"Querido diário, lembrei do pesadelo daquele dia, hoje tive de novo mas resolvi escrever em você antes que eu esqueça. Eu estava em uma sala e ouvia o som de choro de quatro bebês nus, cada um estava em canto da sala, eles choravam cada vez mais alto, até que eu olhava pra um dos cantos e o bebê que estava lá tinha parado de chorar e se sentado e começando a olhar para mim e então ele vinha rastejando me olhando, aí eu acordava."

Trecho 6:

"Querido diário, cheguei até a terceira parte da ilha."

Trecho 7:

"Querido diário, joguei várias fases dessa parte da ilha mas resolvi voltar até a segunda e jogar de novo e descobri um lugar novo. É meio esquisito, é escuro e tem muito daqueles inimigos de tribos, tem uma voz assustadora e o choro do bebê Mario não para, não achei a saída, tive que desligar o video game."

Trecho 8:

"Querido diário, ontem dormi de luz acesa, eu não conseguia tirar aquela fase da minha cabeça, acho que vou pedir outro jogo para minha mãe."

Relato da mãe 2:

A mãe da menina disse que a garota queria outro jogo e deu birra no dia chegando a chorar, ela não chegou a dizer mas pelo que deu pra entender, a menina era do tipo mimada e dava birra facilmente.

Trecho 9:

"Tive de novo um pesadelo com bebê, era naquela fase, eu estou com medo, o choro do bebê Mário não sai mais da minha cabeça."

Trecho 10:

"Resolvi voltar jogar o jogo, mas chamei a Kim pra vir em casa jogar comigo, mas ela não veio provavelmente está brincando de cantora com aquele gravador dela, até parece que um gravador é mais divertido que um video game, eu fiquei com medo mas achei divertido o jogo, no começo eu só queria sair daquela parte da ilha mas resolvi voltar para aquele lugar, não lembro como entrar naquele lugar, não sei como entrei naquele dia mas é naquela fase tenho certeza, a número 2 da segunda metade da ilha."

Relato da mãe 3:

Em 8 de junho de 1996 a mãe chegou em casa a noite, era sábado e viu uma das cenas mais bizarras de toda sua vida. A televisão ligada com o jogo Yoshi's Island e a menina estava caída no tapete com o corpo virado para cima, mas seu tronco estava completamente aberto e todos os órgão internos haviam sido retirados. A garota estava com o telefone na mão, não havia ninguém, a polícia foi até o lugar e tirou fotos mas essas não foram divulgadas obviamente, no entanto logo descobriram quem era a pessoa que estava no telefone com a menina antes de sua morte, era a garota chamada Kimberly, que a menina chamava de Kim, mas a grande surpresa é que Kim disse que estava só conversando com a amiga quando ela parou de falar e então a única coisa que podia ser ouvida era isso que a garota gravou com um gravador que costumava brincar:

Os órgãos dela nunca foram encontrados!!!

Welcome

Olá pessoaal que estão lendo isso (cri-cri), Sejam-Bem vindos ou mal vindos to nem ai... Bom chega de papo apenas vejam o Blog flw...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...