Páginas

12 de jan de 2015

Holandês Voador - Uma Outra Versão

Muitos já ouviram falar da lenda do galeão dos mares, Holandez Voador, certo? Caso não conheça tão bem, leia AQUI


Há relatos que o diga que a lenda do Holandês Voador vem desde o tempo dos deuses gregos. Na primeira versão, ele seria um semi-deus demônio que aterrorizava os marinheiros, fazendo-os pedir clemência e renúncia de Poseidon. O demônio do mar ainda era capaz de convocar e controlar o monstro-marinho Kraken, para que seguisse seus funestos propósitos.

Outra lenda diz que Davy Jones era na verdade apenas um marinheiro, que, apaixonado pela deusa Calypso, aceitou sua proposta de imortalidade, arrancando seu coração e o colocando em um baú, que enterrou em uma ilha longínqua e desabitada, para que nunca fosse encontrado e, desde então, ele vagaria pelo mar coletando almas perdidas e as levando ao Além. Davy Jones, porém, foi traído por Calypso, tornando-se amargurado, despejando seu ódio pelos mares, matando e tentando marinheiros a se juntarem a sua tripulação. O ódio de Davy Jones, decorrente de seu amor, modificou-lhe a aparência, transformando-o no demônio que é.

Se um homem encontrar o coração de Davy Jones, que ainda bate, terá a vida do demônio em suas mãos, e por conseqüência, este fará qualquer coisa ao portador do órgão.

Em algumas regiões dos trópicos, é considerado como o deus que é contra o amor, pois Jones fará com que as pessoas não sofram mais com ele. É também o deus em que, segundo últimos relatos de pessoas dos trópicos, os piratas do século XXI temem mais.

Em algumas regiões, ele foi levado mais a fundo ainda. Pode equivaler ao satanás em terras equatoriais.


2 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...