Páginas

12 de dez de 2014

O Fim do Papai Noel

O Natal é uma data em que comemoramos o nascimento de Jesus Cristo. Na antiguidade, o Natal era comemorado em várias datas diferentes, pois não se sabia com exatidão a data do nascimento de Jesus. Foi somente no século IV que o 25 de dezembro foi estabelecido como data oficial de comemoração. Na Roma Antiga, o 25 de dezembro era a data em que os romanos comemoravam o início do inverno. Portanto, acredita-se que haja uma relação deste fato com a oficialização da comemoração do Natal.

As antigas comemorações de Natal costumavam durar até 12 dias, pois este foi o tempo que levou para os três reis Magos chegarem até a cidade de Belém e entregarem os presentes (ouro, mirra e incenso) ao menino Jesus. Atualmente, as pessoas costumam montar as árvores e outras decorações natalinas no começo de dezembro e desmontá-las até 12 dias após o Natal.

Do ponto de vista cronológico, o Natal é uma data de grande importância para o Ocidente, pois marca o ano 1 da nossa História.


Estudiosos afirmam que a figura do bom velhinho foi inspirada num bispo chamado Nicolau, que nasceu na Turquia em 280 d.C. O bispo, homem de bom coração, costumava ajudar as pessoas pobres, deixando saquinhos com moedas próximas às chaminés das casas.

Foi transformado em santo (São Nicolau) pela Igreja Católica, após várias pessoas relatarem milagres atribuídos a ele.

A associação da imagem de São Nicolau ao Natal aconteceu na Alemanha e espalhou-se pelo mundo em pouco tempo. Nos Estados Unidos, ganhou o nome de Santa Claus, no Brasil de Papai Noel e em Portugal de Pai Natal.

Agora, mudando rapidamente o foco... Todos se lembram dos mitos dos deuses gregos e egípcios, certo? Todos acreditavam como acreditam hoje em Deus, Jesus, Maria, Allah, etc. Muito, a teoria do Papai Noel entra no meio disso. Não que um tenha ligação com o outro, longe disso. Mas vejamos bem, quando éramos crianças (tenho 16 anos) o natal era algo mágico, até meus 8 anos juro que meu sonho era pegar o papai perto da árvore.

E isso com todos. Alguns desacreditavam um pouco mais cedo, outros mais tarde (o mesmo se aplica ao Coelho da Páscoa). Mas vejamos agora... Todos sonhavam com o Papai Noel a dezenas de anos, há 2014 anos, para ser exato. Mas bem, as crianças de hoje, convenhamos, não acreditam e nem dão mais bola para o bom velhinho, e as crianças das que realmente acreditavam, hoje estão crescidas. As crianças da "nova geração", giram suas vidas em torno de celulares, eletrônicos, crianças que querem "crescer" antes do tempo, não enxergam a pequena infância que possuem.

E isso vem atingindo tudo. Muitos poucos comércios estão investindo até em enfeites. E é muito comparável com o ano passado. Em 2013 os enfeites bombavam até, porém muito menos em relação a anos anteriores. Esse ano... Onde está as luzes mágicas? Onde estão aqueles comerciais de brinquedos Hot Wheels e companhia que até os adultos ficavam de olho? Onde estão as crianças torcendo pra chegar logo o dia 25?

Estaria a grande crença, a grande cultura do natal e do Papai Noel... Morrendo? Se sim, quanto ainda durará?



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...