Páginas

7 de nov de 2013

Não Faça Perguntas As Quais Não Querem Saber a Resposta

"Você sabe que estamos aqui. Somos a presença que o força você a correr escadas abaixo, como se os degraus fossem feitos de carvão quente. Somos a coisa que impede você de se virar e olhar para trás quando está andando num beco escuro...

Somos a coisa que fez você se esconder debaixo de seus cobertores. Achamos inútil. Poderíamos arrancar eles de suas fracas e amedrontadas mãos se quiséssemos, mas não queremos. Não agora. Se você continuar a fugir de nós, como deve fazer, não sentiremos a necessidade de pegar você. Ao menos não agora, de qualquer jeito.

Mas se nos confrontar, tentar ser amigável, ou qualquer coisa do tipo, vai se arrepender profundamente. A única coisa que nos mantém sem querer pegar você é que nos divertimos brincando com você.

Se você tentar qualquer coisa estúpida como andar devagar pelos becos escuros com sua cabeça esticada procurando algo, iremos encontrá-lo. E as pessoas que acharem seu corpo terão sorte se conseguirem algo que possa usar para identificá-lo.

Porém se você tentar algo mais, mais arriscado, algo talvez como o jogo do copo, nós não precisamos lhe achar. Pois coisas bem piores do que nós com grandes olhos vermelhos e brilhantes, vão pegá-lo. Se lembra daquele caso de certa pessoa que sumiu após jogar e que a polícia disse ter fugido, depois disse ter ela como desaparecida e anos depois não acharam nem o corpo nem a pessoa? As criaturas que a pegaram não mostraram tanta misericórdia como nós mostramos, e como poderiam? Estariam ocupados demais, pegando os pedaços quentes de sua carne grudada nos dentes deles.

Então da próxima vez que você ficar rebelde, não fique. Se ficar, reze para que o encontremos, e não as criaturas piores que nós. Coisas além de seus piores pesadelos, coisas que vão persegui-lo em seus sonhos mais doces. Então não nos procure... Nem procure eles...

E pare de olhar debaixo de sua cama. Ou de olhar no armário. Por último pare de abrir a porta ou a cortina do banheiro para se sentir mais seguro. Porque, certa vez, quando você o fizer, alguém estará lá. Eles não são amigáveis. Você gostaria de saber o que eles estão fazendo ali, ou o que eles são?

Mas acredite em mim, eu fui uma vítima dessa ignorância. Você nunca deve perguntar coisas as quais não quer saber a resposta. É isso mesmo. Joguei um joguinho. Perguntei algo que não queria saber a resposta no fim das contas. E agora não é mais um joguinho, agora é vida. Agora estou preso para sempre; dentro do mundo dos meus assassinos. Estou observando, esperando. Apenas esperando para lhe puxar para dentro desse abismo na qual minha alma reside. Então apresse-se agora, porque a este ponto você já sabe demais. E eles já devem estar em sua casa. Olhando. Esperando. E na próxima vez que olhar procurando por eles, ou por nós, não vamos nos esconder. 

E lembre-se sempre: Não faça perguntas as quais não querem saber a resposta..."  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...