Páginas

3 de out de 2013

GJ 504B, o Planeta Rosa


O Telescópio Subaru, no Havaí, registrou imagens de um planeta rosa a cerca 57 anos-luz da Terra. Encontra-se num Sistema Solar similar ao nosso, orbitando a estrela GJ 504, é um pouco mais quente do que o Sol e é visível a olho nu na constelação de Virgem. O sistema estelar é relativamente jovem, com cerca de 160 milhões anos de idade.

“Se pudéssemos viajar para este planeta gigante, veríamos um mundo ainda brilhando com o calor de sua formação com uma reminiscência da cor magenta maçante”, disse o pesquisador Michael McElwain, do Goddard Space Flight Center, da NASA.

Câmeras infravermelhas relatam que o planeta possui poucas nuvens. o planeta é enorme – cerca de quatro vezes o tamanho de Júpiter, e orbita sua estrela em uma distância de 44 vezes a distância entre a Terra e o Sol. O planeta tem uma temperatura média de cerca de 237°C, de acordo com estimativas dos pesquisadores.

As características do exoplaneta desafiam o modelo de acreção durante a formação de planetas gasosos. De acordo com esta teoria amplamente aceita, pequenos detritos podem se fundir e produzir um núcleo quando fica grande o suficiente. Sua atração gravitacional atrai o gás que circunda a jovem estrela do sistema, formando um planeta gasoso. Mas este modelo não explica a formação de planetas como GJ 504B que estão longe de sua estrela-mãe.


“Este é um dos planetas mais difíceis de explicar em um quadro de formação planetária tradicional”, disse o pesquisador Markus Janson, pós-doutorado na Universidade de Princeton, EUA. “A descoberta implica que devemos considerar seriamente as teorias de formação alternativas, ou talvez reavaliar alguns dos pressupostos básicos da teoria de acreção.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...